A arteterapia, segundo a Associação Americana de Arteterapia, é o uso terapêutico da atividade artística, com o acompanhamento de um profissional qualificado, por pessoas que estejam enfrentando alguma dificuldade ou almejem ao seu desenvolvimento pessoal. Assim, a criação artística e a reflexão sobre os processos expressivos e seus frutos permitem à pessoa ampliar seu autoconhecimento e seu entendimento dos outros; aumentar sua auto-estima; ressignificar sintomas e situações traumáticas ou estressantes; desenvolver recursos motores, cognitivos e emocionais; e desfrutar do prazer vitalizante do fazer artístico.
O arteterapeuta é um profissional com formação em artes e terapia. Seus conhecimentos abrangem teorias psicológicas sobre a personalidade e o desenvolvimento humano, possibilidades de atuação clínica, tradições artísticas e o potencial curativo da arte. É um profissional preparado para trabalhar com indivíduos de todas as idades, casais, famílias, grupos e comunidades, e seus serviços podem ser prestados tanto na prática clínica particular quanto como parte de equipes multidisciplinares, em contextos que vão da saúde mental e reabilitação a instituições médicas e legais, programas comunitários, escolas e empresas.

Pintando e bordando